Robbie LaBlanc: vocalista americano participa do novo álbum da Adellaide.

Robbie LaBlanc: vocalista americano participa do novo álbum da Adellaide.

O experiente vocalista americano, Robbie LaBlanc, especializado em Melodic Hard Rock/AOR, com uma extensa lista musical, com passagens por diversas bandas e projetos, destacando-se a banda americana Blanc Faces e a sueca Find Me, encontrou no amigo brasileiro, Daniel Vargas, uma bela oportunidade de prestigiar um talento nacional, manifestando um respeito recíproco ao trabalho um do outro.

A amizade entre os dois, nascida virtualmente, concretizou-se no mais recente álbum “New Horizons”, da banda brasileira Adellaide. Após uma troca de mensagens entre os dois vocalistas, envolvendo um reconhecimento do talento de cada um, surgiu a vontade mútua de uma parceria. A oportunidade estava mais clara do que nunca, uma vez que banda brasileira estava gravando seu novo álbum. Na ocasião, a balada “Tonight (Once a lifetime)”, composição do músico Marcelo Naudi e do baixista da banda Cadu Yamazaki, estava sendo gravada e Daniel Vargas a ofereceu a Robbie LaBlanc; uma música que se encaixaria perfeitamente na voz peculiar do cantor americano, onde este poderia explorar toda a sua versatilidade vocal.

Sobre o momento especial em ter Robbie LaBlanc em seu novo álbum, Daniel Vargas diz ‘se sentir orgulhoso, como um aluno diante de seu professor’.

E cá pra nós, o casamento perfeito entre as vozes melodiosas dos dois vocalistas é um dos momentos mais emocionais e marcantes do álbum “New Horizons”.

https://open.spotify.com/track/6nZbXsCTzkkNJoOwFAxO1z?si=5SKeJFjmQCiVk3N8ARoCXg

Jennifer Kelly

Sou escritora, poetisa, radialista, e produtora de conteúdo. Durante as minhas 5 décadas de vida, respiro Rock e Metal 24hrs por dia. Apesar de ter minhas bandas e artistas preferidos, não me prendo aos velhos e consagrados nomes. Ouço muita coisa nova, o tempo todo. Essa é a minha missão, abrir as portas do submundo, tomando por legado escrever sobre bandas independentes e projetos iniciantes. Penso que se não abrirmos nossos ouvidos a quem está chegando agora, o Rock morre junto com os artistas que o inventaram e o consagraram. O Rock não pode morrer, e só dando oportunidade ao que é novo é possível mantê-lo vivo!!!!!

Deixe uma resposta

Fechar Menu