Nasty N’Loaded: Uma chacoalhada gaúcha pra não se botar defeito!

Nasty N’Loaded: Uma chacoalhada gaúcha pra não se botar defeito!

Apesar de não ter ainda 2 anos de estrada, oriunda do Rio Grande/RS, a banda Nasty N’Loaded, formada hoje por Miro Cheyenne (vocais), Barba Negra (guitarra), Maikão (baixo) e Leandro Sabbath (bateria), desde o princípio sempre teve a ideia de compor e se consolidar como banda autoral.
Suas influências vão desde o Hard Rock, passando pelo Heavy Metal Clássico, Punk e até Blues. O álbum de estreia, auto-intitulado, foi gravado e produzido por Michel Corrêa e a própria banda, no estúdio Vitrola, em Rio Grande/RS, lançado pelo selo Som de Peso, chegou à público nas plataformas de streaming, em março deste ano, estando disponível para audição. A versão física estará disponível em breve.
O álbum traz 10 faixas autorais, cantadas em inglês.
1: ALL FIRED UP – É o típico Hard Rock anos 80 festeiro, falando de festas e curtição e uma pessoa especial para fazer todas loucuras.
2: DEVIL’S BLONDE – Faz alusão ao fetiche que as loiras despertam nos homens, que podem ser de cunho sexual e também problemas de relacionamento que deixam elas verdadeiras ou falsas, diabólicas e teve a coincidência de virar a logo da banda.
3: FREE ON THE ROAD – Essa faixa fala de liberdade e de como se busca essa liberdade, como um motoqueiro andando pela Estrada sem destino.
4: BALL AND CHAIN – Fala sobre escravidão. Relata o passado e o compara aos dias de hoje, em que somos escravos da falta de dinheiro, bem efeito do capitalismo selvagem.
5: STAY WILD – Essa música relata a necessidade de sermos nós mesmos, em nossa maioria vivemos como vidas paralelas do nosso cotidiano e das noites de Rock’n’Roll que curtimos, então stay wild!!!
6: SHE’S ON FIRE – Outra faixa bem anos 80, que fala da vida de uma prostituta que gelou o coração e vive por grana, mas encontra alguém que ficou doido pelo jeito dela, típico roteiro anos 80.
7: NASTY N’ LOADED – Primeira música composta e escrita que veio a dar nome a banda. Ela fala do cara desajustado que anda pela noite procurando ação e adrenalina.
8: DREAMAKER – Foi escrita em 2009, depois de um evento paranormal, ocorrido com o vocalista, ao qual uma entidade espiritual, que morreu de overdose de cocaína lhe pediu para que escrevesse algo alertando sobre a droga. Dreamaker era o apelido que esse espírito dava para a cocaína.
9: I PLAY WITH YOUR DESIRE – Última musica escrita para o CD e aborda sobre a loucura que o desejo desperta e seus jogos.
10: COLD KISS – Muito influenciada por Black Sabbath e Ozzy. Esta música, que encerra o álbum, fala da relação de uma vampira e um humano através do seu beijo gelado.

Banda Nasty N’Loaded
-Facebook: https://www.facebook.com/nastynloaded
-Contatos: (53)99164-5937
-E-mail: nastynloadedband@gmail.comUsar como capa da matéria

Jennifer Kelly

Sou escritora, poetisa, radialista, e produtora de conteúdo. Durante as minhas 5 décadas de vida, respiro Rock e Metal 24hrs por dia. Apesar de ter minhas bandas e artistas preferidos, não me prendo aos velhos e consagrados nomes. Ouço muita coisa nova, o tempo todo. Essa é a minha missão, abrir as portas do submundo, tomando por legado escrever sobre bandas independentes e projetos iniciantes. Penso que se não abrirmos nossos ouvidos a quem está chegando agora, o Rock morre junto com os artistas que o inventaram e o consagraram. O Rock não pode morrer, e só dando oportunidade ao que é novo é possível mantê-lo vivo!!!!!

Este post tem 2 comentários

  1. Matéria escrita da melhor forma possível!! Jenny on The Rocks é demais!
    A banda Nast N’ Loaded com certeza tem um belo caminho pela frente, hard puro e de verdade!

    1. Obrigada, e muita sorte ao Nasty N’Loaded

Deixe uma resposta

Fechar Menu